Blog da responsabilidade de Nelson Correia, Advogado, Vereador na Câmara Municipal de Penafiel, deputado na IX Legislatura e militante do Partido Socialista

Quarta-feira, 9 de Abril de 2008
Os difíceis caminhos de uma chama
A chama olímpica está a ter um difícil e tortuoso caminho até Pequim. Em Londres tentaram rouba-la, em Paris chegaram a apaga-la, em S. Francisco estavam a preparar-lhe uma excelente recepção.

É o resultado da recente subida ao palco mediático da causa Tibetana, que recusando o terrorismo, vai ganhando adeptos por todo o Mundo.

Mas não devemos esquecer igualmente o regime Chinês. Este regime tem uma particularidade muito própria. Junta o que existe de pior dos regimes comunistas com o que existe de pior da economia capitalista. Ou seja, é um regime repressivo, que não respeita as liberdades individuais e apresenta uma total ausência de regulamentação laboral, permitindo aos agentes produtores submeterem os trabalhadores as condições de trabalho e exploração completamente sub-humanas.

Já fui da opinião de um boicote a estes Jogos Olímpicos. Vejo agora o quão errada esta ideia era. Os Jogos devem ser realizados, para que a China não seja esquecida e vista como uma vítima de um bando de desordeiros. Os jogos devem ser realizados para expor o que a China irá tentar esconder a todo custo. Os Jogos devem ser realizados para que o Mundo e as empresas que enriquecem à custa da exploração da mão de obra chinesa tomem consciência das suas responsabilidades para com a Sociedade Global.

Para os Jogos Olímpicos e em força!!!!
</>

tags: ,

publicado por pena-fiel às 18:25
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20 de Março de 2008
Para não cair no esquecimento

Um excelente bilhete de visita da China para os Jogos Olímpicos de Pequim, está a ser a repressão que esta potência está a exercer na oposição Tibetana.


O Tibete já há muito tempo que está sob o domínio Chinês, no entanto, nos últimos anos intensificou-se a política de tornar os Tibetanos numa minoria na sua própria terra, conduzindo esta situação a uma extinção cultural e étnica.


O caso Tibetano estava a cair no esquecimento do Mundo Ocidental, devido ao poderio económico Chinês. Estes últimos acontecimentos, vierem relembrar mais uma vez os líderes ocidentais, que existe uma população naquela zona do Globo que necessita de intervenção.


Entretanto, os Tibetanos vão continuando a luta, arriscando as próprias vidas e a lutarem pelo direito de perpetuarem o seu legado cultural às próximas gerações.


publicado por pena-fiel às 15:18
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30


posts recentes

Os difíceis caminhos de u...

Para não cair no esquecim...

arquivos

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

tags

todas as tags

links
participar

participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds