Blog da responsabilidade de Nelson Correia, Advogado, Vereador na Câmara Municipal de Penafiel, deputado na IX Legislatura e militante do Partido Socialista
Sábado, 30 de Junho de 2007
DIARREIA INTELECTUAL!

 



A FRASE
"O PS, que os portugueses se habituaram a ver como o defensor da liberdade e da democracia, não passa hoje de um partido intolerante e persecutório, que age por denúncia e tem uma rede potencial de esbirros, pronta a punir e a liquidar qualquer português por puro delito de opinião."
Vasco Pulido Valente, PÚBLICO, 30-06-2007



Este foi apanhado pelo vírus da diarreia intelectual.
Dizem que no Verão se avistam mais óvnis em Portugal.
Não admira, quando o calor aperta, a sede desperta e a imaginação é fértil...
Agora é este!
Ainda não escreveu sobre os óvnis que não viu, mas já começou a falar de esbirros...Não tarda nada e falará da polícia politica, de seguida no Tarrafal, e se o calor vier, como é suposto vir, a não ser que os agentes do PS, por causa dos incêndios o tenham desviado, todo, para a Grécia e inevitavelmente com esta mania de perseguição, acabará escondido numa qualquer esplanada de Peniche.
E então ai, sim, verá os óvnis que no Verão nos costumam visitar…


publicado por pena-fiel às 19:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

DIARREIA INTELECTUAL!


A FRASE
"O PS, que os portugueses se habituaram a ver como o defensor da liberdade e da democracia, não passa hoje de um partido intolerante e
persecutório, que age por denúncia e tem uma rede potencial de esbirros, pronta a punir e a liquidar qualquer português por puro delito de opinião."
Vasco Pulido Valente, PÚBLICO, 30-06-2007



Este foi apanhado pelo vírus da diarreia intelectual.
Dizem que no Verão se avistam mais ovnis em Portugal.
Não admira, quando o calor aperta, a sede desperta e a imaginação é fértil...
Agora é este!
Ainda não escreveu sobre os óvnis que não viu, mas já começou a falar de esbirros...Não tarda nada e falará da polícia politica, de seguida no Tarrafal, e se o calor vier, como é suposto vir, a não ser que os agentes do PS, por causa dos incêndios o tenham desviado, todo, para a Grécia e inevitavelmente com esta mania de perseguição, acabará escondido numa qualquer esplanada de Peniche.
E então ai, sim, verá os óvnis que no Verão nos costumam visitar…




</>


publicado por pena-fiel às 19:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

DIARREIA INTELECTUAL!


A FRASE
"O PS, que os portugueses se habituaram a ver como o defensor da liberdade e da democracia, não passa hoje de um partido intolerante e
persecutório, que age por denúncia e tem uma rede potencial de esbirros, pronta a punir e a liquidar qualquer português por puro delito de opinião."
Vasco Pulido Valente, PÚBLICO, 30-06-2007



Este foi apanhado pelo vírus da diarreia intelectual.
Dizem que no Verão se avistam mais ovnis em Portugal.
Não admira, quando o calor aperta, a sede desperta e a imaginação é fértil...
Agora é este!
Ainda não escreveu sobre os óvnis que não viu, mas já começou a falar de esbirros...Não tarda nada e falará da polícia politica, de seguida no Tarrafal, e se o calor vier, como é suposto vir, a não ser que os agentes do PS, por causa dos incêndios o tenham desviado, todo, para a Grécia e inevitavelmente com esta mania de perseguição, acabará escondido numa qualquer esplanada de Peniche.
E então ai, sim, verá os óvnis que no Verão nos costumam visitar…




</>


publicado por pena-fiel às 19:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Junho de 2007
Uma sondagem, mil leituras....

A sondagem aqui publicada demonstra o alheamento da população do Vale do Sousa pela actividade dos seus executivos municipais e a incapacidade da Região para sentir os problemasque a afectam e que são revelados pelos seus índices de desenvolvimento que a colocam entre as regiões menos desenvolvidas do País.


Se o balanço do desempenho dos executivos municipais que aqui é referido, é positivo – 65% de respostas de muito positivo e positivo em Lousada, 54% em Penafiel, 44% em Paredes e 42% em Paços de Ferreira, por contraponto aos 6% de respostas negativas ou muito negativas em Lousada, 5% em Penafiel, 11% em Paredes e 14% em Paços de Ferreira – já o conhecimento dos inquiridos das áreas com melhor e com pior desempenho em cada um dos concelhos, deixa claro que aquele balanço é feito em função de critérios que não os do concreto conhecimento da actividade municipal.

Na verdade, este estudo de opinião deixa evidente que os inquiridos desconhecem a concreta actividade municipal dos seus concelhos, facto este demonstrado nas respostas à pergunta de qual a área com melhor desempenho e qual a área com pior desempenho.

Àquelas duas questões, respondem que não sabem, respectivamente, em Lousada 31% e 51% dos inquiridos, 41% e 54% em Penafiel, 38% e 42% em Paredes e 38% e 41% em Paços de Ferreira.

Curiosamente, nos dois concelhos em que o balanço da actividade municipal é o mais positivo, é precisamente onde a percentagem dos que respondem que não sabem qual a melhor e qual a pior área da actividade municipal, é mais elevada.

Daqui se conclui que aquele balanço é mais o resultado de uma boa gestão de imagem dos Presidentes de Câmara que a avaliação efectiva do trabalho desenvolvido pelos executivos municipais.

No Vale do Sousa a imagem continua a sobrepor-se à substância e, por isso, não admira que este continue a ser o “Vale dos Sonolentos”, como o caracterizou o Prof. Daniel Bessa.


</>


publicado por pena-fiel às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Uma sondagem, mil leituras....

A sondagem aqui publicada demonstra o alheamento da população do Vale do Sousa pela actividade dos seus executivos municipais e a incapacidade da Região para sentir os problemasque a afectam e que são revelados pelos seus índices de desenvolvimento que a colocam entre as regiões menos desenvolvidas do País.


Se o balanço do desempenho dos executivos municipais que aqui é referido, é positivo – 65% de respostas de muito positivo e positivo em Lousada, 54% em Penafiel, 44% em Paredes e 42% em Paços de Ferreira, por contraponto aos 6% de respostas negativas ou muito negativas em Lousada, 5% em Penafiel, 11% em Paredes e 14% em Paços de Ferreira – já o conhecimento dos inquiridos das áreas com melhor e com pior desempenho em cada um dos concelhos, deixa claro que aquele balanço é feito em função de critérios que não os do concreto conhecimento da actividade municipal.

Na verdade, este estudo de opinião deixa evidente que os inquiridos desconhecem a concreta actividade municipal dos seus concelhos, facto este demonstrado nas respostas à pergunta de qual a área com melhor desempenho e qual a área com pior desempenho.

Àquelas duas questões, respondem que não sabem, respectivamente, em Lousada 31% e 51% dos inquiridos, 41% e 54% em Penafiel, 38% e 42% em Paredes e 38% e 41% em Paços de Ferreira.

Curiosamente, nos dois concelhos em que o balanço da actividade municipal é o mais positivo, é precisamente onde a percentagem dos que respondem que não sabem qual a melhor e qual a pior área da actividade municipal, é mais elevada.

Daqui se conclui que aquele balanço é mais o resultado de uma boa gestão de imagem dos Presidentes de Câmara que a avaliação efectiva do trabalho desenvolvido pelos executivos municipais.

No Vale do Sousa a imagem continua a sobrepor-se à substância e, por isso, não admira que este continue a ser o “Vale dos Sonolentos”, como o caracterizou o Prof. Daniel Bessa.


</>


publicado por pena-fiel às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Uma sondagem, mil leituras....

A sondagem aqui publicada demonstra o alheamento da população do Vale do Sousa pela actividade dos seus executivos municipais e a incapacidade da Região para sentir os problemasque a afectam e que são revelados pelos seus índices de desenvolvimento que a colocam entre as regiões menos desenvolvidas do País.


Se o balanço do desempenho dos executivos municipais que aqui é referido, é positivo – 65% de respostas de muito positivo e positivo em Lousada, 54% em Penafiel, 44% em Paredes e 42% em Paços de Ferreira, por contraponto aos 6% de respostas negativas ou muito negativas em Lousada, 5% em Penafiel, 11% em Paredes e 14% em Paços de Ferreira – já o conhecimento dos inquiridos das áreas com melhor e com pior desempenho em cada um dos concelhos, deixa claro que aquele balanço é feito em função de critérios que não os do concreto conhecimento da actividade municipal.

Na verdade, este estudo de opinião deixa evidente que os inquiridos desconhecem a concreta actividade municipal dos seus concelhos, facto este demonstrado nas respostas à pergunta de qual a área com melhor desempenho e qual a área com pior desempenho.

Àquelas duas questões, respondem que não sabem, respectivamente, em Lousada 31% e 51% dos inquiridos, 41% e 54% em Penafiel, 38% e 42% em Paredes e 38% e 41% em Paços de Ferreira.

Curiosamente, nos dois concelhos em que o balanço da actividade municipal é o mais positivo, é precisamente onde a percentagem dos que respondem que não sabem qual a melhor e qual a pior área da actividade municipal, é mais elevada.

Daqui se conclui que aquele balanço é mais o resultado de uma boa gestão de imagem dos Presidentes de Câmara que a avaliação efectiva do trabalho desenvolvido pelos executivos municipais.

No Vale do Sousa a imagem continua a sobrepor-se à substância e, por isso, não admira que este continue a ser o “Vale dos Sonolentos”, como o caracterizou o Prof. Daniel Bessa.


</>


publicado por pena-fiel às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 27 de Junho de 2007
O canto criacionista
Por muito estranho que pareça, ainda existem defensores da teoria do criacionismo como explicação para a origem da vida, negando a existência da evolução:

«Normalmente, o propósito de algo concebido com inteligência é aparente no próprio design. Uma espada, um automóvel, uma muralha de pedra, uma fábrica de rolhas de cortiça. Mas nos seres vivos não. Peixes com pulmões, moscas, pinguins, trezentas mil espécies de escaravelho. Uma diversidade enorme sem que se vislumbre um propósito, nem na vida como um todo nem em cada espécie. Não se pode garantir a ausência de propósito, mas esta complexidade caótica não sugere uma criação inteligente. Pelo contrário.» Retirado do blog Que Treta!

Pessoalmente, sendo eu uma pessoa que estudou Biologia durante 4 anos, considero que, se o organismo humano chegou a este nível de complexidade, deveu-se a um processo complexo chamado de evolução. O mesmo se pode afirmar relativamente a toda a biodiversidade existente no Planeta. Todos os órgãos complexos como pulmões, coração, cérebro foram resultado da evolução. Tal facto é aferido quando se procede ao estudo da Taxonomia. À medida que se vai subindo na complexidade das diferentes ordens, classes, filos e reinos, nota-se o aparecimento progressivo de órgãos complexos e nota-se ainda a existência dos ancestrais dos tais órgãos complexos.

É claro que esta é a minha opinião, tão válida como a opinião dos adeptos do criacionismo, de tal modo que ambas as teorias são abordadas nos programas curriculares. No entanto exprimo o meu espanto, pois pensava que o criacionismo estava circunscrito a certos sectores mais clericais.


</>


publicado por pena-fiel às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

O canto criacionista
Por muito estranho que pareça, ainda existem defensores da teoria do criacionismo como explicação para a origem da vida, negando a existência da evolução:

«Normalmente, o propósito de algo concebido com inteligência é aparente no próprio design. Uma espada, um automóvel, uma muralha de pedra, uma fábrica de rolhas de cortiça. Mas nos seres vivos não. Peixes com pulmões, moscas, pinguins, trezentas mil espécies de escaravelho. Uma diversidade enorme sem que se vislumbre um propósito, nem na vida como um todo nem em cada espécie. Não se pode garantir a ausência de propósito, mas esta complexidade caótica não sugere uma criação inteligente. Pelo contrário.» Retirado do blog Que Treta!

Pessoalmente, sendo eu uma pessoa que estudou Biologia durante 4 anos, considero que, se o organismo humano chegou a este nível de complexidade, deveu-se a um processo complexo chamado de evolução. O mesmo se pode afirmar relativamente a toda a biodiversidade existente no Planeta. Todos os órgãos complexos como pulmões, coração, cérebro foram resultado da evolução. Tal facto é aferido quando se procede ao estudo da Taxonomia. À medida que se vai subindo na complexidade das diferentes ordens, classes, filos e reinos, nota-se o aparecimento progressivo de órgãos complexos e nota-se ainda a existência dos ancestrais dos tais órgãos complexos.

É claro que esta é a minha opinião, tão válida como a opinião dos adeptos do criacionismo, de tal modo que ambas as teorias são abordadas nos programas curriculares. No entanto exprimo o meu espanto, pois pensava que o criacionismo estava circunscrito a certos sectores mais clericais.


</>


publicado por pena-fiel às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

O canto criacionista
Por muito estranho que pareça, ainda existem defensores da teoria do criacionismo como explicação para a origem da vida, negando a existência da evolução:

«Normalmente, o propósito de algo concebido com inteligência é aparente no próprio design. Uma espada, um automóvel, uma muralha de pedra, uma fábrica de rolhas de cortiça. Mas nos seres vivos não. Peixes com pulmões, moscas, pinguins, trezentas mil espécies de escaravelho. Uma diversidade enorme sem que se vislumbre um propósito, nem na vida como um todo nem em cada espécie. Não se pode garantir a ausência de propósito, mas esta complexidade caótica não sugere uma criação inteligente. Pelo contrário.» Retirado do blog Que Treta!

Pessoalmente, sendo eu uma pessoa que estudou Biologia durante 4 anos, considero que, se o organismo humano chegou a este nível de complexidade, deveu-se a um processo complexo chamado de evolução. O mesmo se pode afirmar relativamente a toda a biodiversidade existente no Planeta. Todos os órgãos complexos como pulmões, coração, cérebro foram resultado da evolução. Tal facto é aferido quando se procede ao estudo da Taxonomia. À medida que se vai subindo na complexidade das diferentes ordens, classes, filos e reinos, nota-se o aparecimento progressivo de órgãos complexos e nota-se ainda a existência dos ancestrais dos tais órgãos complexos.

É claro que esta é a minha opinião, tão válida como a opinião dos adeptos do criacionismo, de tal modo que ambas as teorias são abordadas nos programas curriculares. No entanto exprimo o meu espanto, pois pensava que o criacionismo estava circunscrito a certos sectores mais clericais.


</>


publicado por pena-fiel às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 25 de Junho de 2007
Tratado de Lisboa
Publiquei mais um texto no blog http://europacomfuturo.blogspot.com/. Quem se interessar por estes assuntos está convidado a deixar o seu contributo. Por muito que a Europa nos pareça distante, considero que é da extrema importância discutir o tema União Europeia, pois esta encontra-se no topo da pirâmide de decisão em muitas matérias importantes para o desenvolvimento do País e da Região.



Nota:
Quem não perceber muito, mas que esteja sempre desejoso para corrigir erros ortográficos pode na mesma visitar o blog e deixar o habitual comentário.


publicado por pena-fiel às 23:05
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30


posts recentes

Estados de espírito

PIDDAC

Autárquicas 2009

OPÇÕES

"MUDAR DE DISCURSO"

Ventos que sopram do Avan...

Afinal a senhora fala!

EXIGIR COMPROMISSOS

Muda-se de líder, mantém-...

Fuga para a frente

arquivos

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

tags

todas as tags

links
participar

participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds