Blog da responsabilidade de Nelson Correia, Advogado, Vereador na Câmara Municipal de Penafiel, deputado na IX Legislatura e militante do Partido Socialista
Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006
O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

O jogo do gato e do rato

No jogo do gato e do rato, o rato acaba quase sempre na boca do gato.
Moral da história: se joga, antes gato que rato.


publicado por pena-fiel às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006
SEXTA FEIRA A "JUSTIÇA" RETOMA O TRABALHO
O "ano judicial" começa na próxima sexta-feira.

Este ano as férias judiciais foram substancialmente diminuidas.

Tal medida do governo gerou no sector uma forte controversia sobre os seus efeitos na resolução do crónico problema da morosidade da nossa justiça.

Pelos argumentos que pode consultar aqui, parece-me evidente que tal medida apenas marca uma intenção do governo: passar a mensagem que as reformas avançam mesmo naqueles sectores em que a força das corporações é forte.
Só que este tiro apenas atinge a organização dos pequenos escritórios de advogados, privando-os dos trinta dias de gozo de férias a que as normais cidadãos têm direito, nada resolvendo, dos endémicos problemas da justiça.


publicado por pena-fiel às 14:15
link do post | comentar | favorito
|

SEXTA FEIRA A "JUSTIÇA" RETOMA O TRABALHO
O "ano judicial" começa na próxima sexta-feira.

Este ano as férias judiciais foram substancialmente diminuidas.

Tal medida do governo gerou no sector uma forte controversia sobre os seus efeitos na resolução do crónico problema da morosidade da nossa justiça.

Pelos argumentos que pode consultar aqui, parece-me evidente que tal medida apenas marca uma intenção do governo: passar a mensagem que as reformas avançam mesmo naqueles sectores em que a força das corporações é forte.
Só que este tiro apenas atinge a organização dos pequenos escritórios de advogados, privando-os dos trinta dias de gozo de férias a que as normais cidadãos têm direito, nada resolvendo, dos endémicos problemas da justiça.


publicado por pena-fiel às 14:15
link do post | comentar | favorito
|

SEXTA FEIRA A "JUSTIÇA" RETOMA O TRABALHO
O "ano judicial" começa na próxima sexta-feira.

Este ano as férias judiciais foram substancialmente diminuidas.

Tal medida do governo gerou no sector uma forte controversia sobre os seus efeitos na resolução do crónico problema da morosidade da nossa justiça.

Pelos argumentos que pode consultar aqui, parece-me evidente que tal medida apenas marca uma intenção do governo: passar a mensagem que as reformas avançam mesmo naqueles sectores em que a força das corporações é forte.
Só que este tiro apenas atinge a organização dos pequenos escritórios de advogados, privando-os dos trinta dias de gozo de férias a que as normais cidadãos têm direito, nada resolvendo, dos endémicos problemas da justiça.


publicado por pena-fiel às 14:15
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30


posts recentes

Estados de espírito

PIDDAC

Autárquicas 2009

OPÇÕES

"MUDAR DE DISCURSO"

Ventos que sopram do Avan...

Afinal a senhora fala!

EXIGIR COMPROMISSOS

Muda-se de líder, mantém-...

Fuga para a frente

arquivos

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

tags

todas as tags

links
participar

participe neste blog

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds